Menu

Branding: entenda a importância da gestão de marcas para seu negócio

Quando se fala em marcas é impossível não lembrar da Coca-Cola, Apple, Microsoft, IBM, McDonalds, entre outras. Mas por que estas marcas são tão lembradas pelo consumidor? O que elas têm de diferente, já que existem várias outras empresas que oferecem produtos similares?

A resposta é simples: estas empresas souberam trabalhar muito bem seu branding, que é nada mais do que a gestão de uma marca.

As empresas citadas fizeram um longo trabalho sobre gestão de marcas e alcançaram uma aceitação enorme com seus stakeholders e são exemplos de como a marca pode agregar valor ao seu produto.

Pensando nisso, no artigo de hoje vamos entender a importância da gestão de marcas para seu negócio.

Fortalecimento da marca

A gestão de sua marca fará com que ela seja forte no mercado e se destaque da concorrência. Uma marca forte e bem-conceituada será uma melhor opção para os consumidores em tempos de competição acirrada. Vejamos o exemplo da Coca-Cola. Existem diversos refrigerantes de cola no mercado, mas a Coca domina o mercado há anos.

Quando uma pessoa bebe uma Coca-Cola, ela não está bebendo um refrigerante qualquer, é algo especial, diferente, exclusivo. Mesmo que o mercado disponibilize outros refrigerantes do tipo, a Coca-Cola já está consolidada na cabeça dos consumidores e eles consideram que a marca tem mais valor que o refrigerante em si, mesmo que façam isso inconscientemente.

Valor agregado

Uma marca fortalecida no mercado agrega valor ao seu produto. As pessoas comprarão não o que você vende, mas como você vende.

A Apple não vende somente smartphones, tablets e notebook. Ela vende tecnologia, exclusividade, status. Quem tem um celular da Apple não tem somente um aparelho de telefone, tem um iPhone. Isso o diferencia dos demais.

Posicionamento no mercado

A gestão de uma marca pode mudar seu posicionamento no mercado. Uma marca que antes era vista como baixo valor, pode mudar através de boas estratégias de gestão.

Podemos citar neste caso, as sandálias Havaianas, que há alguns anos eram consideradas um produto de baixa qualidade. Havaianas eram sinônimo de “chinelo de pobre” e o público da marca eram as classes C e D e seu garoto propaganda era Chico Anísio. As propagandas sempre seguiam a linha do bom humor.

Através de um reposicionamento da marca, a Havaianas mudou seu conceito de “chinelo de pobre” para um produto confortável, bonito e que todo mundo usa. Hoje, o produto é vendido no exterior e tem boa aceitação entre todos os públicos.

Modelos como Gisele Bündchen, Grazi Massafera e Luiza Brunet já protagonizaram campanhas da marca e hoje ela é conhecida e bem aceita no mercado externo. Como diz seu slogan: “Todo mundo usa”.

Identificação com o consumidor

O branding é importante para que a empresa crie um laço entre o consumidor e a marca. Se sua marca é voltada para o público feminino, é importante que suas clientes se identifiquem com seu negócio.

As clientes devem ver sua marca como algo que as represente, que passe os valores femininos, delicadeza, coragem, determinação, entre outras qualidades voltadas para o público.

Quando o cliente se identifica com a marca ele se torna fiel e consequentemente traz outros clientes para a empresa.

Mas não pense que estas estratégias trarão resultados do dia para a noite. O trabalho é longo e as estratégias devem ser elaboradas de acordo com o público-alvo de sua empresa.

Gostou do nosso artigo? Ficou com alguma dúvida? Quer saber mais sobre branding? Deixe o seu comentário com suas dúvidas e opinião sobre o assunto!

Fale com a gente ;)

O seu endereço de e-mail não será publicado.